Weblaranja

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Brasil,
i-Compras Weblaranja
.

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player




Equivalências
xícara de chá
colher de sopa

Líquidos:
1 xícara =
1/2 xícara =
1/3 xícara =
1/4 xícara =
1 colher =


240ml
120ml
80ml
60ml
15ml

Farinha
Trigo

1 xícara =
1/2 xícara =
1/3 xícara =
1/4 xícara =
1 colher =



120g
60g
40g
30g
7,5g

Manteiga
/Margarina
1 xícara =
1/2 xícara =
1/3 xícara =
1 colher =


200g
100g
65g
20g
Açúcar
1 xícara =
1/2 xícara =
1/3 xícara =
1/4 xícara =
1 colher =

180g
90g
60g
45g
12g





Salgadinhos feitos em casa

Salgadinhos - Faz a festa até na renda familiar


Para qualquer hora e qualquer ocasião: No clube, na festa de aniversário, assistindo um filme ou em uma Palestra. Sempre tem um salgadinho. Frito, assado ou frio. Um aperitivo versátil, fácil e barato. Que ajuda tanto em uma reunião, uma visita inesperada, quanto em uma renda familiar.

Alexandre Souza é eletricista a 5 anos. Com o orçamento apertado devido a falta de mercado da construção civil. Optou por novos horizontes. Junto com a esposa Dulce, resolveram aderir ao ramo alimentício. Para melhorar o orçamento estão fazendo salgadinhos e quitutes para festa.

No começo sem capital e sem dinheiro comprou um freezer a prestação; com o dinheiro que economizou da renda do serviço elétrico, comprou a matéria-prima; Ficando por aproveitar o fogão e a residência. Com o talento dos dois na cozinha não foi difícil. As receitas pegaram de parentes e amigos.

Com tudo pronto, é hora de partir para o novo mercado. E aí onde conseguir os clientes? Aí entra o conhecimento e a ajuda dos amigos, no caso de Alexandre a ajuda veio da cunhada Rosana, que trabalha com festas, alugando mesas decoradas. Com o conhecimento do mercado, Rosana, conseguiu o primeiro cliente para Alexandre. Daí para frente, foi fácil. Diz Alexandre " Rosana ajudou pacas, diga-se de passagem; Foi com a iniciativa dela, de oferecer para os clientes que a nova empresa começou. Como a empresa é caseira, fundo de quintal, não tínhamos conhecimento do ramo. O primeiro cliente gostou tanto que retornou em 60 dias, em 3 ocasiões diferentes. E também passou a divulgar."

O casal também trabalhou na divulgação do empreendimento. No bairro onde mora, saíram oferecendo os salgadinhos para os vizinhos, de porta em porta. "O produto no princípio era vendido a 12 unidades, em bandejas de isopor, embalado em papel filme, congelado." Conta Alexandre, "Tendo boa aceitação. Não é só por ser crise. Mas a pessoa economiza, com uma bandeja de 2 a 3 reais, como acompanhamento das refeições."

Hoje as encomendas são mais freqüentes, A empresa possui inclusive, um sistema Delivery. A pessoa liga, chega em casa pronto, a partir de 50 unidades em caixas térmicas. Junto com refrigerante e cerveja, Tanto os salgadinhos como os docinhos.
Sugestão para servir.
Ampliar imagem


Hoje as encomendas são mais freqüentes, A empresa possui inclusive, um sistema Delivery. A pessoa liga, chega em casa pronto, a partir de 50 unidades em caixas térmicas. Junto com refrigerante e cerveja, Tanto os salgadinhos como os docinhos.

O Negócio é variado, o mesmo produto é vendido de várias maneiras: os centos, prontos para festa; em quantidades menores para comer em casa, final de semana, junto com as bebidas; e as bandejas congeladas com porções de 12 unidades. A clientela também é variada. "Não foi aberto ponto comercial", diz Alexandre "foram feitas modificações na cozinha para atender a clientela, aqui em casa ou pelo telefone."

Um cliente, Auriam - Representante Comercial, contratou os serviços do casal para um evento. Uma Palestra de tintas automotivas, com 60 convidados e garante. "Bom, entrega na hora, preço bom, nota fiscal, maior do que os salgadinhos tradicionais e gostoso."

Os produtos são os salgadinhos e os docinhos feitos de modo artesanal.
Sugestão de preparo no
Fogão a lenha.
Ampliar imagem
Sempre respeitando a qualidade dos insumos e a higiene, que é fundamental. Tudo isso reflete em um produto de ótimo qualidade no final. Alexandre alerta: "Todo o processo de armazenamento, congelamento, deve ser monitorado o tempo todo, mantendo o mesmo grau de temperatura. Para isso, se utiliza um termômetro". Para adquirir a matéria-prima em atacadista foi preciso registrar a empresa. A vantagem é comprar os insumos mais baratos e em quantidades maiores. Registrar a empresa foi fácil e barato, ou melhor, como tudo é feito de modo artesanal, familiar, não houve gastos. A empresa só possui Registro Estadual, é isenta de impostos e não precisa de C.G.C.. (Para registrar uma empresa familiar basta levar os documentos pessoais, comprovante de endereço a Secretaria da Fazenda de sua Cidade).

Os produtos da matéria-prima devem ser de qualidades. "Em primeiro lugar a marca, a procedência de qualidade e depois o preço". Informa ainda, o casal: "Não adianta colocar produtos de baixo preço e qualidade, porquê o preço está no custo, com a margem de lucro de 20%. Caso contrário, o produto sai com baixa qualidade, fica muito caro e não tem como vender". Não se deve esquecer é claro, a simpatia, educação e o respeito pelo cliente.

Com tudo isso a clientela a cada dia aumenta mais, o dinheiro é bem vindo ajudando a renda da família. E a intenção do casal é aumentar o negócio e expandir ainda mais.

Agosto/2003, Goiânia - Goiás.


Fonte: Weblaranja.

Links relacionados

Talheres de Refeição

Disposição de mesas

Procurar Receita:
 Digite o nome de um
ingrediente:
 

Buscar e Procurar
A BUSCA faz uma pesquisa em todo o portal, é um pouco mais lento. O PROCURAR pesquisa dentro do canal ou seção em que você se encontra.
-----@-----


-----@-----

r


fVocê sabe alguma Receita?
Mande para Gente.


Voltar para o voltar ao topodesta página

r
Weblaranja.com © Copyright 2001. WEBlaranja ®
-Todos os direitos reservados.
Proibida reprodução total ou parcial.
 :-:  Hospedado pela HOSTGOLD

Quem Somos | Publicidade | Contato | Privacidade